Warning: Cannot modify header information - headers already sent by (output started at /home/fredexti/public_html/header.php:41) in /home/fredexti/public_html/nav/single_noticias.php on line 8

Noticias - Ergonomia - Dores de cabeça podem estar associadas à má postura no trabalho

Ergonomia - Dores de cabeça podem estar associadas à má postura no trabalho

Portaria da Empresa Souza Martins

Cansaço muscular, fadiga e até dor de cabeça, são sintomas que costumar estar ligados ao estresse. Mas, o que poucos imaginam é que a má postura no ambiente de trabalho pode ser o indício inicial de todas essas dores. Segundo as estatísticas mundiais, 80% das pessoas sofrem de sintomas atribuídos à coluna vertebral. Desde a forma como as pessoas se posicionam na frente do computador até a quantidade de horas que elas permanecem na mesma posição são alguns dos vilões que acarretam todos os sintomas.

Os problemas posturais mais comuns são as dores na região lombar. “Padrões constantes da mesma postura acarreta ainda desequilíbrio muscular em todo o corpo, transferindo a dor para extremidades como cabeça, ombro, cotovelo, joelho e mãos”, explica a coordenadora da especialização em Osteopatia da Faculdade Inspirar, Luciana Lopes Costa.

Para a fisioterapeuta, a má postura não está restrita apenas ao ambiente de trabalho, o comportamento do indivíduo dentro de casa e até quando realiza exercícios podem intensificar o problema. “Essa falta de preocupação com a postura, produz na coluna descompensações, que podem modificar a curvatura normal, causando problemas como escoliose, hipercifose e hiperlordose. Em casos mais graves a doença evolui para artroses, protusão e hérnias discais”, explica a professora da Faculdade Inspirar.

Nesses casos, a fisioterapia é o tratamento mais indicado. As área ideais para o tratamento são a Osteopatia – que ajuda a restabelecer a mobilidade e dar equilíbrio ao sistema musculoesquelético - e o RPG - reabilitação postural com exercícios específicos de equilíbrio muscular. “Exercícios de alongamento e fortalecimento também são essenciais para manutenção do tônus postural como o Iso Stretching e o Pilates”, completa Costa.

Algumas dicas podem ajudar o trabalhador a se manter longe dessas dores. Para os sedentários, os exercícios devem começar a fazer parte da rotina, já que a musculatura tende a se acomodar na vida diária, causando dores. Porém, todo exercício deve ser acompanhado de um profissional especializado. “A fisioterapia não é só para tratamento, também é uma forma de boa avaliação para indicar seu melhor exercício”, garante a fisioterapeuta.

Profissionais

Para os profissionais que buscam especialização na área a Faculdade Inspirar conta com diversos cursos de Pós-Graduação e de extensão na área, entre eles o curso MBA Ergonomia Aplicada no Ambiente de Trabalho, que contribui para a solução de problemas como posturas inadequadas, movimentos repetitivos e ritmo intenso de trabalho. Para mais informações acesse o site. www.inspirar.com.br
 


Fonte: Fatima News



COMENTÁRIOS
LiveZilla Live Chat Software